Santa Filomena, Virgem e Mártir, é a protagonista de uma das mais interessantes e curiosas (também controversas) histórias de vida entre a hagiologia católica.

Ainda muito jovem (entre os 13 e os 15 anos) e quando dentro do Império Romano era crime ser-se cristão, foi por isso perseguida, torturada, por fim martirizada e, tal como muitos cristãos nessa altura, sepultada nas catacumbas de Priscila em Roma.

images/slide2.jpg

Catacumbas de Priscila em Roma

Fonte: www.catacombepriscilla.com

Durante quinze séculos os seus restos mortais aí permaneceram anónimos e desconhecidos, tendo escapado, miraglosamente, aos diversos saques dos invasores bárbaros e às muitas escavações feitas depois.

Até que, no dia 24 de maio de 1802, o seu sacro corpo foi reencontrado e no dia seguinte finalmente resgatado da escuridão dessas catacumbas.

images/DonFrancescoDeLucia.png

Don Francesco de Lucia (1796-1847)
Fundador e primeiro Reitor
do Santuário de Santa Filomena

Fonte: www.philomena.org

O que se seguiu foi como se ela aguardasse serenamente pela hora apropriada para se dar a conhecer ao mundo.

E fê-lo através do Padre Francesco de Lucia, na sequência de este jovem sacerdote ter conseguido, após incansável persistência, que lhe fossem concedidas as santas relíquias e as ter trasladado para a Igreja de Nossa Senhora das Graças, na sua paróquia na localidade de Mugnano del Cardinale, perto de Nápoles no sul de Itália, onde repousam até hoje.

E revelou-se com tal intensidade como se Deus quisesse compensar-nos e a ela, da sua ausência tão prolongada.

images/Santuario.png

Santuário de Santa Filomena
em Mugnano del Cardinale

Fonte: "Em Louvor de Santa Filomena"
Autora: Filomena Garcia

De facto, durante o percurso entre Roma e Mugnano e após a chegada ao seu destino, os prodígios sucederam-se de forma impressionante. As imensas graças concedidas por Santa Filomena a quem a ela recorreu e os mais diversos milagres em quantidade e qualidade por si obtidos foram de tal ordem, que rapidamente se espalhou a sua fama de santa milagrosa e teve início a sua devoção que rapidamente se estendeu primeiro a toda a Itália, depois ao resto de Europa e finalmente por todos os recantos do mundo.

Santa Filomena tornou-se numa das santas mais populares da Igreja Católica, tendo passado a ser bem conhecida e venerada em países tão diversos como os de toda a Europa, EUA, México, Brasil, Índia, Filipinas, Austrália e muitos outros, onde hoje existem grandes agremiações de devotos seus, conforme podemos confirmar clicando AQUI.

images/basílica-dos-martires.png

Basílica dos Mártires, lugar principal
e oficial de Santa Filomena em Portugal

Portugal também foi agraciado com a chegada ao nosso país da fama e consequente devoção de Santa Filomena, dando origem ao surgimento de uma imensa comunidade de devotos constituindo a "Família Filomeniana Portuguesa".

Antes do incorretamente interpretado Decreto de 14 de Fevereiro de 1961 com que a Sagrada Congregação dos Ritos determinou a remoção da festa de Santa Filomena do calendário litúrgico, poder-se-ia dizer que quase não havia igreja onde não estivesse presente uma imagem da nossa Princesa Celestial.

No seu livro Santa Filomena, a Grande Milagrosa o Padre Paulo H. O'Sullivan relata-nos os testemunhos de imensas pessoas a quem Santa Filomena agraciou com os seus benefícios e concessões.

images/SimbolosSantafilomena.jpg

A pensar nessa comunidade demos início a este website, criado com o intuito de preencher uma lacuna existente em Portugal: a ausência de um site dedicado exclusivamente à tão poderosa e maravilhosa Santa Filomena.

Este é também um modo de demonstrar-lhe a gratidão por todas as graças recebidas pela sua intercessão.

Com o apoio dos seus devotos, pretendemos disponibilizar todo o tipo de informação que nos for possível obter, tais como: a história da sua vida, as mais diversas orações em língua portuguesa, o seu calendário litúrgico, a sua presença em Portugal, tanto no meio religioso como no laico e tudo o mais que possa interessar.

Do fundo do coração agradecemos àquelas pessoas que, com o seu carinho e as suas informações, nos possam ajudar a tornar possível o sonho de manter este website dedicado à nossa grande “Santinha”.


Rogai por nós, Santa Filomena,
para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Datas relevantes no culto
a Santa Filomena

10 de janeiro:

Nascimento de Santa Filomena

1º Domingo após 10 de janeiro:

Patrocínio de Santa Filomena

25 de maio:

Celebração do reencontro do corpo de Santa Filomena

10 de agosto:

Celebração da transladação do corpo e do martírio de Santa Filomena

11 de agosto:

Festa litúrgica de Santa Filomena

13 de agosto:

Celebração do nome de Santa Filomena



Sites relacionados
com Santa Filomena



Festividades